Translate

domingo, 27 de janeiro de 2013

TRISTEZA: Conheça as vítimas do incêndio em boate de Santa Maria

Entre as vítimas estão 120 homens e 113 mulheres, totalizando 233 mortes.
Governo divulgou lista com o nome de todas as vítimas confirmadas.


O governo estadual divulgou na tarde deste domingo (27) a lista com os nomes de 141 das 233 vítimas do incêndio durante a madrugada em uma boate de Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul. A relação será atualizada a cada hora, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública. Entre as vítimas estão 120 homens e 113 mulheres, totalizando 233 mortes. Todos os corpos foram levados para o ginásio do Centro Centro Desportivo Municipal.
Veja aqui a relação de mortes já confirmadas
Conheça quem são as vítimas
Alex Giacomolli
Alex Giacomolli era natural de Tapera, estudava Agronomia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e trabalhava como técnico agropecuário na empresa Stara.


Andressa Ferreira (Foto: Arquivo Pessoal)
Andressa de Moura Ferreira
Andressa Ferreira era natural de Santa Rosa e morava em Santa Maria desde o ano passado, quando passou para o vestibular de medicina veterinária na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em 2011, a jovem se formou no ensino médio na Fundação Educacional Machado de Assis (Fema) de Santa Rosa. Foi representante de Santa Rosa no Garota Verão 2011.


Andressa Brissow (Foto: Arquivo Pessoal)
Andressa Thalita Farias Brissow
Andressa Brissow era de Itaqui e morava em Santa Maria, onde estudou na Faculdade de Direito de Santa Maria (FADISMA). Irmã de Louise Brissow, que também morreu no incêndio.




Ângelo Nicoloso Aita
Ângelo Nicoloso Aita era natural de Alegrete e morava em Santa Maria, onde estudava na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Torcia para o Grêmio.


Ariel Nunes Andreatta
Ariel Nunes Andreatta era natural de Jóia, mas residia em Santa Maria. Formou-se na Escola Técnica Estadual 25 de Julho, em Ijuí.


Augusto Sergio Krauspenhar da Silva
Augusto Sergio Krauspenhar da Silva estagiava na 1ª Vara Cível de Santa Maria. Estudava Filosofia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e Direito no Centro Universitário Franciscano (UNIFRA).


Augusto Malezan de Almeida Gomes
Augusto Malezan de Almeida Gomes estudava no colégio Cilon Rosa, em Santa Maria. Formou-se no terceiro ano do ensino médio em 2011.


Benhur Retzlaff Rodrigues
Benhur Retzlaff Rodrigues estudava engenharia civil na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Torcia para o Internacional


Bruno Kräulich
Bruno Kräulich era aluno da pós-graduação em Agronomia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).


Daniela Betega Ahmad
Daniela Betega Ahmad era natural de Cacequi. Morava em Santa Maria, onde cursava Agronomia na Universidade Federal de Santa Maria (USFM). Ensino Médio também foi concluído na cidade, no Colégio Marista Santa Maria. Namorava com Mateus Brondani, que também morreu no incêndio.


Fábio José Cervinski (Foto: Arquivo Pessoal)
Fábio José Cervinski
Fábio José Cervinski era natural de Paim Filho e estudava Agronomia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Tinha passado por um tratamento contra leucemia há 2 anos.




Felipe Vieira (Foto: Arquivo Pessoal)
Felipe Vieira
Felipe Vieira, de 26 anos, era de Caxias do Sul. Morava e trabalhava em um frigorífico de Santa Maria. Será velado em Caxias.




Flavia de Carli Magalhães (Foto: Arquivo Pessoal)
Flávia de Carli Magalhães
Flávia de Carli Magalhães tinha 18 anos e estudava no campus de Palmeira das Missões da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Era namorada de Luis Fernando Donati, que também morreu no incêndio.



Franciele Vizioli
Franciele Vizioli, de 19 anos, era natural de Erechim e estudava na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Formou-se em 2010 no ensino médio no Colégio Haidée Tedesco Reali, de Erechim. Torcia para o Grêmio.


Gabriella Saenger (Foto: Arquivo Pessoal)
Gabriella dos Santos Saenger
Gabriella Saenger era de Uruguaiana e estudava no Centro Universitário Franciscano (Unifra), em Santa Maria. Formou-se no ensino médio em 2010 no Instituto Laura Vicuna, de Uruguaiana.




Guido Ramón Brítez
Guido Ramón Brítez nasceu no Paraguai. Morava desde 2011 no Brasil e estudava zootecnia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).


Guilherme Pontes Gonçalves
Guilherme Pontes Gonçalves era natural de Cachoeira, mas morava em Santa Maria, onde cursava agronomia desde 2011 na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).


Heitor Santos Oliveira
Heitor Santos Oliveira tinha 24 anos e era sócio em uma produtora de eventos em Santa Maria. Morava na cidade e foi aluno da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).


Igor Stefhan de Oliveira
Igor Stefhan de Oliveira cursava psicologia no Centro Universitário Franciscano (Unifra), após ter sido aprovado no vestibular em 2012.


Jacob Francisco Thiele
Jacob Francisco Thiele cursava medicina veterinária na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) desde 2009. Gostava de cavalos e participava de rodeios.


João Carlos Barcellos
João Carlos Barcellos atuava no setor de Tecnologia da Informação da Escola Marista Santa Marta, em Santa Maria.


João Paulo Pozzobom
João Paulo Pozzobom morava em Santa Maria e estudava agronomia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Namorava Michele Cardoso, que também morreu no incêndio.


João Renato Chagas de Souza
João Renato Chagas de Souza tinha 18 anos e morava em Santa Maria.


Julia Cristofari Sául
Julia Cristofari Sául cursava o segundo semestre de Medicina na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). Colegas do Diretório Acadêmico de Medicina da Universidade divulgaram uma nota de pesar lamentando a sua perda.


Leonardo Machado de Lacerda
Leonardo Machado de Lacerda era natural do Rio de Janeiro e tinha 28 anos. Era oficial do Exército, formado pela Academia Militar das Agulhas Negras (Aman) em 2007. Morava em Santa Maria e servia no 4º Regimento de Carros de Combate, em Rosário do Sul.


Louise Brissow (Foto: Arquivo Pessoal)
Louise Victoria Farias Brissow
Louise Brissow era de Itaqui e estudava na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), onde ingressou em 2012 e tinha previsão de formatura para 2015. Era gremista e irmã de Andressa Brissow, que também morreu no incêndio.



Luciano Tagliapietra Esperidião
Luciano Tagliapietra Esperidião era natural de Nova Palma e morava em Santa Maria. Trabalhava no exército brasileiro.


Luísa Batistella Püttow
Luísa Batistella Püttow cursava odontologia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e se formaria no final do ano. Era natural de Tapera, onde o corpo será velado.


Luiz Fernando Donati  (Foto: Arquivo Pessoal)
Luis Fernando Donati
Luis Fernando Donati tinha 20 anos e estudava agronomia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Era namorado de Flávia de Carli Magalhães, que também morreu no incêndio.




Mateus Brondani (Foto: Arquivo Pessoal)
Matheus Brondani
Matheus Brondani era natural de Rosário do Sul e estudava medicina veterinária na Universidade da Região da Campanha. Morava em Bagé com a família. Namorava com Daniela Betega Ahmad, que também morreu no incêndio.



Matheus Engers Rebolho
Matheus Engers Rebolho tinha 19 anos e era natural de Santo Ângelo. Torcia para o Grêmio.


Matheus de Lima Librelotto (Foto: Arquivo Pessoal)
Matheus de Lima Librelotto
Matheus Librelotto, de 19 anos, era de Santa Maria. Estudava Agronomia na UFSM e trabalhava no Laboratório de Agricultura Especial da universidade. Formou-se no ensino médio em 2010 no Instituto São José. Chegou a ser internado no Hospital Universitário de Santa Maria, mas morreu na manhã do domingo.


Martim Francisco Onofrio
Martim Francisco Onofrio nasceu em Rio Grande e estudou no Centro Universitário Franciscano (Unifra). O corpo será velado em Júlio de Castilhos.


Michele Cardoso
Michele Cardoso morava em Santa Maria e trabalhava em um laboratório de prótese dentária. Estudou na Cooperativa Educacional de Professores de Santa Maria e chegou a pedir ajuda no Facebook assim que o incêndio começou. “Incêndio na Kiss, socorro”, escreveu.


Miguel Weber May
Miguel Weber May tinha 23 anos e era natural de Chapada. Estudava agronomia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).


Paula Batistella Gatto
Paula Batistella Gatto era natural de Tapera e estudava na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Será sepultada em Tapera.


Susiele Cassol e Roger Dallagnol (Foto: Arquivo Pessoal)
Roger Dallagnol
Roger Dallagnol, de 21 anos, era de Paraí e filho da dona da funerária da cidade. Namorava Susiele Cassol, de 19 anos, que também morreu no incêndio.



Shaiana Tauchen Antolini
Shaiana Tauchen Antolini tinha 22 anos e era natural de Santa Maria. Era cantora, produtora e estudante de publicidade e propaganda.


Silvio Beuren Junior
Silvio Beuren Junior tinha 31 anos e estudou na Ulbra, em Canoas. Trabalhava como peão em uma fazenda.


Susiele Cassol e Roger Dallagnol (Foto: Arquivo Pessoal)
Susiele Cassol
Susiele Cassol, de 19 anos, era de André da Rocha e morava em Santa Maria, onde cursava a faculdade de engenharia de alimentos. Namorava com Roger Dallagnol, de 21 anos, também morto no incêndio.



Thiago Cechinatto (Foto: Arquivo Pessoal)
Thiago Amaro Cechinatto
Thiago Cechinatto era de Ijuí. Estudava Agronomia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Cursou ensino médio no Colégio Sagrado Coração de Jesus, de Belo Horizonte. Torcida para o Grêmio.




Tiago Segabinazzi (Foto: Arquivo Pessoal)
Tiago Dovigi Segabinazzi
Tiago Segabinazzi era de Uruguaiana e morava em Santa Maria, onde cursava Agronomia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Formou-se no ensino médio no Colégio Marista Sant'ana, de Uruguaiana. Era gremista.



Vinicius Greff (Foto: Arquivo Pessoal)
Vinicius Greff
Vinicius Greff era natural de Tupanciretã, estudou na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e trabalhava no Laboratório de Bromatologia e Nutrição de Ruminantes.




Vinicius Montardo Rosado (Foto: Arquivo Pessoal)
Vinicius Montardo Rosado
Vinicius Montardo Rosado era de Cruz Alta. Cursou Educação Física na Faculdade Metodista de Santa Maria (Fames). Trabalhava como Educador Social no Coletivo Coca-Cola Vento Norte de Santa Maria. Torcia para o Internacional.



Confira mais vítimas reconhecidas:
Alan Rembem de Oliveira
Alexandre Anes Prado
Alisson Oliveira da Silva
Allana Willers
Ana Carolini Rodrigues
Ana Paula Anibaleto dos Santos
André Cadore Bosser
Andressa Roaz Paz
Andrieli Righi da Silva
Andrise Farias Nicoletti
Augusto Cesar Neves
Bárbara Moraes Nunes
Bernardo Carlo Kobe
Bibiana Berleze
Brady Adrian Gonçalves Silveira
Bruna Brondani Pafhalia
Bruna Camila Graeff
Bruna Karoline Gecai
Camila Cassulo Ramos
Carlitos Chaves Soares
Carolina Simões Corte Real
Cássio Garcez Biscaino
Cecília Soares Vargas
Clarissa Lima Teixeira
Crisley Caroline Saraiva Freitas da Palma
Cristiane Quevedo da Rosa
Daniel Knabbem da Rosa
Daniel Sechim
Daniele Dias de Mattos
Danilo Brauner Jaques
Danriei Darin
David Santiago de Souza
Débora Chiappa Forner
Deives Marques Gonçalves
Diego Comim Silvéster
Dionatham Kamphorst Paulo
Douglas da Silva Flores
Dulce Ranieri Gomes Machado
Elizandor Oliveira Rolin
Emerson Cardoso Pain
Emili Contreira Nicolow
Erika Sarturi Becker
Evelin Costa Lopes
Fernanda Tischer
Fernando Michel Devagarins Parcianello
Fernando Pellin
Gabriela Corcine Sanchotene
Geni Lourenço da Silva
Gilmara Quintanilha Oliveira
Giovane Krauchemberg Simões
Greicy Pazzini Bairro
Gustavo Ferreira Soares
Heitor Teixeira Gonçalves
Helena Poletto Dambros
Helio Trentin Junior
Henrique Nemitz Martins
Herbert Magalhães Charão
Hericson Ávila dos Santos
Ilivelton Martins Koglin
Isabela Fiorini
Ivan Munchem
Jaderson da Silva
Janaina Portella
Jennefer Mendes Ferreira
Jéssica Almeida Kongen
João Aluisio Treuliebe
José Luiz Weiss Neto
José Manoel Rosa da Cruz
Juliana Moro Medeiros
Juliana Oliveira dos Santos
Juliana Sperone Lentz
Juliano de Almeida Farias
Karen Fernanda Knirsch
Kelen Aline Karsten Favarin
Kellen Pereira da Rosa
Kelli Anne Santos Azzolin
Larissa Hosbach
Lauriani Salapata
Leandro Avila Leivas
Leandro Nunes da Silva
Leonardo de Lima Machado
Leonardo Lemos Karsburg
Leonardo Schoff Vendrúsculo
Letícia Vasconcellos
Lincon Turcato Carabagiale
Luana Behr Vianna
Luana Faco Ferreira
Lucas Fogiato
Lucas Leite Teixeira
Luciane Moraes Lopes
Luciano Ariel Silva da Silva
Luiz Antonio Xisto
Luiz Carlos Ludin de Oliveira
Luiz Eduardo Viegas Flores
Luiz Felipe Balest Piovesan
Luiz Fernando Rodrigues Wagner
Luiza Alves da Silva
Maicon Afrolinario Cardoso
Maicon Douglas Moreira Iensen
Maicon Francisco Evaldt
Manuele Moreira Passamane
Marcelo de Freitas Salla Filho
Marcos André Rigoli
Marfisa Soares Caminha
Mariana Comassetto do Canto
Mariana Machado Bona
Mariana Moreira Macedo
Mariana Pereira Freitas
Marilene Iensen Castro
Marina de Jesus Nunes
Marina Kertermann Kalegari
Marton Matana
Mauricio Loreto Jaime
Melissa Bergemeier Correia
Melissa do Amaral Dalforno
Merylin de Camargo dos Santos
Michele Dias de Campos
Mirella Rosa da Cruz
Monica Andressa Gla
Murilo de Souza Barone Silveira
Murilo Garcez Fumaco
Natana Pereira Canto
Natascha Oliveira Urquiza
Natiele dos Santos Soares
Neiva Carina de Oliveira Marin
Odomar Gonzaga Noronha
Otacílio Altíssimo Gonçalves
Patrícia Pazzini Bairro
Paula Porto Rodrigues Costa
Paula Simone Melo Prates
Pedro de Oliveira Salla
Pedro Morgental
Priscila Ferreira Escobar
Rafael de Oliveira Dorneles
Rafael Dias Ferreira
Rafael Paulo Nunes de Carvalho
Rafael Quilião e Oliveira
Rafaela Schimidt Nunes
Raquel Daiane Fischer
Rhaissa Gross Cúria
Rhuan Scherer de Andrade
Ricardo Custódio
Ricardo Dariva
Ricardo Stefanello Piovesan
Robson Van der Hahn
Rodrigo Belling Hausen Bairros Costa
Roger Barcellos Farias
Rogério Cardoso Ivaniski
Rogério Floriano Cardoso
Rosabe Fernandes Rechermann
Ruan Pendenza Callegari
Sabrina Soares Mendes
Sandra Victorino Goulart
Stefane Posser Simeoni
Tailan Rembem de Oliveira
Taís da Silva Scaplin de Freitas
Taize Santos dos Santos
Tanise Lopes Cielo
Thailan de Oliveira
Thais Zimermann Darif
Thanise Correa Garcia
Uberafara Soares Bastos Junior
Vagner Rolin Marastega
Vandelcork Marques Lara Junior
Vanessa Vancovicht Soares
Victor Datria Mcagnam
Victor Martins Shimitz
Vinicios Paglnossim de Moraes
Vinicius Silveira Marques de Mello
Vitória Dacorso Saccol
Walter de Mello Cabistani

Identificados pela Perícia Necropapiloscópia
Andressa Ferreira
Bruna Eduarda Neu
Carlos Alexandre dos Santos Machado
Dulce Raniele Gomes Machado
Flávia Maria Torres Lemos
Franciele Soares Vargas
Francielli Araujo Vieira
Leandra Fernandes Toniolo
Letícia Ferraz da Cruz
Maria Mariana Rodrigues Ferreira
Merylin de Camargo dos Santos
Monica Andressa Glanzel
Neiva Carina de Oliveira Marin
Pâmella de Jesus Lopes
Sandra Leone Pacheco Ernesto
Taise Carolina Vinas Silveira
Viviane Tólio Soares
Larissa Terres Teixeira


Fonte: G1

MINISTÉRIO DAS CIDADES E UFPA ASSINAM TAC COM SEIS PREFEITOS DO NORDESTE PARAENSE

Os prefeitos eleitos dos  municípios de Capitão Poço, Mãe do Rio, Nova Esperança do Piriá, Ipixuna do Pará, Tomé-Açu e Concórdia do Pará assinam nesta quinta (31), às 15 horas, no Auditório do Instituto de Tecnologia (ITEC) da Universidade Federal do Pará (UFPA), o Termo de Ajuste de Concordância  (TAC)  do Projeto Moradia Cidadã: Regularização Fundiária e Urbanística em Municípios do Estado do Pará, para dar continuidade  ao processo de regularização  fundiária de  13.337 lotes, em 1.550 hectares de terra, beneficiando mais de 54 mil famílias nestas cidades. Desenvolvido em parceria com o Ministério das Cidades, o  projeto é realizado pela Comissão de Regularização Fundiária da UFPA.

Ela implementa ações de legalização das áreas de ocupações já existentes e consolidadas sobre terras federais, as quais foram ou estão sendo transferidas aos municípios, com base na Lei Federal nº 11.952, de 2009, que dispõe sobre a regularização fundiária rural e urbana na Amazônia Legal. O convênio assinado entre o Ministério e a UFPA envolve recursos da ordem de R$ 2,3 milhões para o trabalho de regularização.  André Montenegro, coordenador do projeto, diz que após a assinatura do termo de  repactuação das atividades com os novos gestores municipais,  a Comissão consolidará um calendário de visita aos municípios, entre 25 de fevereiro e 30 de março,  e dará continuidade ao processo com a formação dos grupos de trabalhos municipais.

Os grupos compostos são por membros das prefeituras, representantes dos Legislativos municipais,  gestores do Conselho Municipal de Política Urbana, proprietários de cartórios,  lideranças da sociedade civil e das famílias beneficiadas, além da participação de professores e bolsistas de pós-graduação e de graduação das áreas de engenharia civil, arquitetura,  direito, assistência social, administração e de tecnologia da informação. “Assim daremos continuidade às atividades de ensino, pesquisa e atuação científico-profissional para regularizar os lotes e garantir ao cidadão do direito à moradia digna e legal”, detalha André.
 
A Comisso de Regularização Fundiária da UFPA já legalizou terras em Belém, no entorno do Igarapé do Tucumduba, bairros da Terra Firme, Guamá, Canudos e Marco. Em Marabá,  foram beneficiadas as famílias no bairro Francisco Coelho e, em Barcarena, as famílias no bairro Pioneiro. “Agora expandimos a experiência para o Nordeste paraense e possibilitamos a comunidade universitária o contato efetivo com um mundo real,  onde os alunos bolsistas  atuarão no futuro como profissionais, além de assegurar para mais de  54  mil famílias direito à moradia, conforme  Artigo 182 da Constituição Federal”, destaca.
 
Participam ainda da assinatura do Termo de Ajuste de Concordância  (TAC) representantes do Ministério das Cidades, gestores do Programa Terra Legal,  Superintendente e gerente da Caixa Econômica Federal (CEF), que respalda o financiamento da construção de moradias, além de proprietários de Cartórios de Registros de Imóveis, entre outros parceiros.

Contatos para entrevistas:
Dra. Marlene Alvino -
Presidente da Comissão de Regularização Fundiária: Tel: 3201.8308
Prof. André Montenegro: Tel: 91.3201.8200  - Celular: 8127 6526 – 8842.0798
Coordenador do Projeto Moradia Cidadã-MC e UFPA -Tel: 91.3201.8200
Prof.  Manoel Diniz Peres: Tel: 3201-7254
Diretor da Faculdade de Engenharia Civil
Assessoria de Imprensa
Kid dos Reis - Mtb: 15.633 - SP-SP
Tel: 91.3201.8308 – Cel: 89 06.9401

LOCALIDADES BENEFICIADAS COM A REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA


Município
Localização
Área (Ha)
  de Lotes
Pop. estimada
Mãe do Rio
Sede
773
5.616
23.475
N.Esperança do Piriá
Sede
143,9
1.921
8.412
Ipixuna do Pará
Sede
173,3
1.364
5.713
Tome-açú
Vila Portelinha
73,3
744
3.018
Concórdia do Pará
Vilas
24,1
171
692
Capitação Poço
Sedes e Vilas
362,4
3521
13.123
Total
6
1550
13.337
54.433

Fonte: Comissão de Regularização Fundiária da UFPA –Jan/2013

 

 

sábado, 26 de janeiro de 2013

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA BENEFICIARÁ MAIS DE 54 MIL FAMÍLIAS

O Ministério das Cidades e a Universidade Federal do Pará (UFPA) promovem a regularização  fundiária de  13.337 lotes, em 1.550 hectares de terra, beneficiando mais de 54 mil famílias nos municípios de   Capitão Poço, Mãe do Rio, Nova Esperança do Piriá, Ipixuna do Pará, Tomé-Açu e Concórdia do Pará.   O trabalho está sendo realizado pela Comissão de Regularização Fundiária da instituição educacional nos seis municípios do Nordeste paraense e a cidade de Capitão Poço, por exemplo, terá 3.521 lotes regularizados beneficiando 13.123 famílias. O município de Mãe do Rio, localizado na  Rodovia Belém-Brasília, terá a legalização de 5.616 lotes, favorecendo 23.475 famílias (veja tabela abaixo).


Concebido a partir das demandas  de regularização fundiária urbana no Estado do Pará, o Projeto  Moradia Cidadã faz parte do termo de cooperação firmado entre o Ministério, a Universidade e as seis prefeituras,  como  órgão e estrutura de apoio, para os serviços a serem executados pela instituição de ensino.  O projeto desenvolve ações de regularização em áreas de ocupações já existentes e consolidadas sobre terras federais, as quais foram ou estão sendo transferidas aos municípios, com base na Lei Federal nº 11.952, de 2009, que dispõe sobre a regularização fundiária rural e urbana na Amazônia Legal.  Os investimentos neste convênio somam mais de R$ 2,3 milhões em recursos federais e de contrapartida da  instituição de ensino, além das responsabilidades  estruturantes dos municípios.
Para o coordenador do projeto, professor André Montenegro existe a necessidade de repactuar a ação com os  novos prefeitos eleitos. “A expectativa é assinar o Termo de Aceite de Concordância (TAC) do projeto até o dia 31 de janeiro e, posteriormente,  consolidar um calendário de visita aos municípios, entre 25 de fevereiro e 30 de março, para dar continuidade ao processo, além de realizar as audiências públicas”, sinaliza.
 
Cumpridas estas etapas,  será dada a continuidade às atividades de ensino, pesquisa e atuação científico-profissional encaminhadas pela UFPA, além de constituir os grupos de trabalhos municipais, que são compostos por membros das prefeituras, representantes dos Legislativos municipais,  gestores do Conselho Municipal de Política Urbana e as lideranças da sociedade civil.  
 
Pela Comissão de Regularização Fundiária da UFPA participam os professores e bolsistas de pós-graduação e de graduação das áreas de engenharia civil, arquitetura,  direito, assistência social, administração e de tecnologia da informação. Ambos interagem com as comunidades realizando audiências públicas, levantamentos  topográficos, socioeconômico e geoprocessamento das áreas,  além da constituição e análise jurídica de documentos para  assegurar às famílias beneficiadas a titulação da posse da terra  perante aos cartórios e às prefeituras.
 
O coordenador do projeto garante que a experiência da regularização fundiária é um laboratório de atuação a céu aberto, no qual a universidade trabalha a alguns anos e agora se expande para o Nordeste paraense. “Isso possibilita a comunidade universitária o contato efetivo com um mundo real,  onde os alunos bolsistas poderão atuar no futuro como profissionais”, destaca.
 
André Montenegro diz que  a parceria institucional contribui para a implementação de políticas e ações públicas de interesse social da comunidade, onde se apreende, produz e compartilha conhecimentos além dos muros da universidade. “Isso enriquece a formação acadêmica de alunos e professores, além do que existe nas teorias e na literatura, e amplia a sensibilidade e a criatividade dos pesquisadores no tocante aos problemas sociais e as suas possíveis soluções. A regularização favorece o planejamento e o desenvolvimento regional das cidades na busca da garantia ao cidadão do direito à moradia digna e legal”, finaliza.

LOCALIDADES BENEFICIADAS COM A REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA


Município

Localização

Área (Ha)

  de Lotes

Pop. estimada

Mãe do Rio

Sede

773

5.616

23.475

N.Esperança do Piriá

Sede

143,9

1.921

8.412

Ipixuna do Pará

Sede

173,3

1.364

5.713

Tome-açú

Vila Portelinha

73,3

744

3.018

Concórdia do Pará

Vilas

24,1

171

692

Capitação Poço

Sedes e Vilas

362,4

3521

13.123

Total

6

1550

13.337

54.433

Fonte: Comissão de Regularização Fundiária da UFPA –Jan/2013

 

Contatos para entrevistas:
Dra. Marlene Alvino
Presidente da Comissão de Regularização Fundiária: Tel: 3201.8308
 
Prof. André Montenegro: Tel: 91.3201.8200
Coordenador do Projeto Moradia Cidadã-MC e UFPA -Tel: 91.3201.8200
 
Prof.  Manoel Diniz Peres: Tel: 3201-7254
Diretor da Faculdade de Engenharia Civil

Assessoria de Imprensa
Kid dos Reis - Mtb: 15.633 - SP-SP
Tel: 91.3201.8308 – Cel: 89 06.9401