Translate

sábado, 15 de agosto de 2015

POR AÍ...

/ A população amapaense que faz uso do Terminal Rodoviário de Macapá merece completo respeito. Mas a Rodoviária atual é acanhada, quente e suja...MUITO SUJA.
/ Não chega a 300 Km a distância entre Macapá e Laranjal do Jari e, à noite, o tempo de viagem pode chegar a nove horas. Não há asfalto e respeito pela população por parte do governo federal. Estou falando da Rodovia BR 156. Há um projeto para o asfaltamento de somente 61 Km ainda para este ano.
/ Visitei e gostei muito do Distrito de Munguba, município de Almeirim/PA. Moraria lá numa boa. Não vi sinais de violência e residir em meio a tanta natureza é uma maravilha.
/ Não visitei, mas sei que a orla de Macapá é tudo de bom. Já conheço.
/ Nota 10 para o aeroporto de Macapá. Não é grande, mas está bonito e limpinho. Muito agradável.
/ A GOL está com aeronaves muito confortáveis voando nos céus do norte do Brasil. Inclusive no trecho Belém-Macapá-Belém.
/ Se der tudo certo, de 24 a 28 próximos, viajarei, desta feita, para Curuá, Terra Santa e Juruti. Portanto, conhecendo mais e mais o querido Pará.

domingo, 2 de agosto de 2015

Morre, aos 74 anos, o psiquiatra e escritor Içami Tiba

Morreu na noite deste domingo, aos 74 anos, o escritor e psiquiatra Içami Tiba. Segundo o filho do escritor, André Luiz Tiba, o pai estava internado desde o início do ano no Hospital Sírio- Libanês, em São Paulo, lutando contra um câncer. O enterro será realizado nesta segunda-feira no Cemitério do Morumbi.

A diretora global de educação do Banco Mundial, Claudia Costin, lamentou a morte de Içami Tiba em seu Facebook. “É com grande tristeza que informo o falecimento, aos 74 anos, do grande educador e psiquiatra Dr. Içami Tiba", escreveu a ex-secretária municipal de Educação do Rio de Janeiro.

Içami Tiba nasceu em Tapiraí SP, em 1941. Formou-se em medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em 1968 e especializou-se em Psiquiatria no Hospital das Clínicas da USP. Por mais de 15 anos, foi professor de Psicodrama de Adolescentes no Instituto Sedes Sapientiae. Foi o Primeiro Presidente da Federação Brasileira de Psicodrama em 1977-78 e Membro Diretor da Associação Internacional de Psicoterapia de Grupo de 1997 a 2006.

Tiba realizou mais de 77 mil atendimentos como psiquiatra e psicoterapeuta de adolescentes e família, escreveu 29 livros - como “Quem ama, educa!” e “Limite na Medida Certa” - e proferiu mais de 3.400 palestras.

Em 2004, o Conselho Federal de Psicologia pesquisou através do Ibope qual o maior profissional de referência e admiração. Içami Tiba foi o primeiro entre os brasileiros e o terceiro entre os internacionais, precedido apenas por Sigmund Freud e Gustav Jung.


FONTE: Extra/Globo.